Dicas para dar banho no seu cachorro em casa

A gente sabe que pet shop tá caro, então que tal cuidar dos seus amigos em casa? Dar banho em casa não é só colocá-lo debaixo da mangueira, mas dá para resolver esse problema! É preciso prestar atenção em uma série de fatores que pode evitar machucados, doenças de pele ou até mesmo traumas.

O recomendado é dar banho de 30 em 30 dias no inverno e de 15 em 15 no verão para cães de pelagem curta que morem em apartamento. Se o pelo for longo ou o cão morar em locais com terra, por exemplo, a frequência pode diminuir um pouco, mas o ideal é tentar manter a higiene do animal com lenços umedecidos ou banho a seco.

O banho em casa deve ser dividido em quatro etapas:

 Escovação

Escolha uma escova ideal para o pelo do seu cachorro e faça a escovação completa antes do banho. Isso remove os pelos mortos e aumenta muito a eficácia do shampoo.

Caso seu amigo tenha pelos longos, considere usar um spray para desembaraçar. Vai facilitar a escovação e evita que as cerdas e os puxões machuquem a pele dele.

Comece da cabeça em direção à cauda, sempre firme e suave para não puxar demais. O processo deve acontecer lentamente para que o cão associe a uma experiência agradável.

Preparação do banho

Antes de mais nada, preste atenção no horário. O ideal é que o banho ocorra nas horas mais quentes do dia.

Antes de começar, é importante colocar algodão nas orelhas do cachorro. Não coloque muito fundo. A ideia é apenas impedir que muita água entre nos ouvidos e cause uma otite futuramente.

Se tiver dúvidas, consulte um veterinário sobre qual shampoo usar. Cães com problemas de pele podem precisar de produtos especiais. Uma alternativa para os shampoos comuns é usar os neutros de bebê.

Tente evitar produtos que tenham um cheiro muito forte. O olfato deles é extremamente sensível.

Banho

Caso o cão seja de pequeno porte, você pode usar uma bacia e enchê-la um pouco com água morna. Ou então usar uma banheira ou o box do chuveiro. Mangueiras externas, embora sejam fáceis, não são recomendadas por conta da água fria. A água morna ajuda o shampoo a fazer mais efeito e também garante o conforto do seu companheiro.

Molhe e massageie a pele dele, da cabeça a cauda. Cuidado com o focinho e os olhos. Repita a operação e, se achar necessário, use um condicionador.

 Secagem

Seque os pelos com uma toalha o máximo que puder. Garanta que, durante a secagem, o cachorro não tome vento. Pelos úmidos e corrente de ar não formam uma boa dupla e podem prejudicar a saúde do bichinho.

Use o secador (sempre com ar morno) a uma distância considerável da pele. Se o pelo pedir, escove novamente, nos dois sentidos, para que fiquem mais sedosos. Depois que ele estiver seco, deixe-o brincar livremente para que a secagem termine por completo.

Finalize o ritual com um petisco e muito carinho para que ele associe a hora do banho com um momento feliz! 😃